Centro de Zoonoses de Piracicaba suspende agendamentos de castrações

Os agendamentos de castrações de cães e gatos pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Piracicaba (SP) foram suspensos por falta de medicamentos. De acordo com a prefeitura, o estoque existente atualmente precisa ser racionado para os animais acolhidos no Canil Municipal e casos de urgência e emergência.

Segundo Eliane de Carvalho Silva, coordenadora do CCZ, por conta da pandemia do coronavírus faltam no mercado, para reposição, medicamentos e insumos que são utilizados para o procedimento.

"Este desabastecimento se dá no momento devido ao grande número de tratamento de pacientes acometidos pela Covid-19. São anestésicos e relaxantes musculares que também são utilizados em humanos na rede de Saúde, assim como luvas de procedimento, por exemplo, que estão no limite", disse Eliane.

As pessoas que já agendaram a castração dos animais para os próximos dias não perderão a vez. Segundo o CCZ, depois que os que já estão previstos tiverem sido atendidos, o agendamento poderá ser aberto novamente.

"Ainda temos alguns medicamentos, mas eles precisam estar disponíveis para os atendimentos de urgência e emergência do Canil e Gatil, como em casos de atropelamentos e de animais vítimas de violência", explica Eliane.

De acordo com dados do CCZ, são castrados cerca de 600 animais por mês, sendo 400 cães e 200 gatos.






VOLTAR

NOTÍCIAS Relacionadas